quarta-feira, 13 de abril de 2011

PARA QUE POSSA GANHAR A CRISTO



ESTUDO EM FILIPENSES CAP. 3 (PARTE 2)


 

(Filipenses 3:7 -11)
Mas o que para mim era ganho reputei-o perda por Cristo. E, na verdade, tenho também por perda todas as coisas, pela excelência do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; pelo qual sofri a perda de todas estas coisas, e as considero como escória, para que possa ganhar a Cristo, E seja achado nele, não tendo a minha justiça que vem da lei, mas a que vem pela fé em Cristo, a saber, a justiça que vem de Deus pela fé; Para conhecê-lo, e à virtude da sua ressurreição, e à comunicação de suas aflições, sendo feito conforme a sua morte; Para ver se de alguma maneira posso chegar à ressurreição dentre os mortos.

3.8-11 PARA QUE POSSA GANHAR A CRISTO

Estes versículos revelam o coração do apóstolo e a essência do cristianismo. O maior anseio na vida de Paulo era conhecer a Cristo e experimentar de modo mais íntimo sua comunhão e presença. Nessa busca vemos os seguintes aspectos:

  1. Conhecer a Cristo pessoalmente, bem como a seus caminhos, sua natureza e caráter, segundo a revelação da palavra de Deus. O verdadeiro conhecimento de Cristo envolve ouvirmos sua palavra, seguirmos o seu Espírito, atendermos a seus impulsos de fé, verdade e obediência, e indentificar-nos com seus interesses e propósitos.
  2. Ser achado em Cristo (v. 9), i.e., ser unido e ter comunhão com Ele produz a justiça que somente é experimentada como dom de Deus.

    A JUSTIÇA QUE VEM DE DEUS

    A justiça do crente consiste, em primeiro lugar, em ser perdoado do pecado, justificado e aceito por Deus, mediante a fé.

    Nossa justiça, no entanto, é mais do que isso. A palavra de Deus declara que nossa justiça é Cristo, o próprio Senhor Jesus, habitando em nosso coração. Noutras palavras, a justiça que possuímos não é de nós mesmos, mas de Jesus, em quem colocamos a nossa fé (I Coríntios 1:30-31) Mas vós sois dele, em Jesus Cristo, o qual para nós foi feito por Deus sabedoria, e justiça, e santificação, e redenção;

    Para que, como está escrito: Aquele que se gloria glorie-se no Senhor.

    Conhecer o poder da sua ressurreição (v. 10), i.e., experimentar a renovação da vida espiritual, o livramento do poder do pecado

    (João 8:34) - Respondeu-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que todo aquele que comete pecado é servo do pecado.

    (João 8:36) - Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres.


    (Efésios 2:5 -8) Estando nós ainda mortos em nossas ofensas, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos), E nos ressuscitou juntamente com ele e nos fez assentar nos lugares celestiais, em Cristo Jesus;

    Para mostrar nos séculos vindouros as abundantes riquezas da sua graça pela sua benignidade para conosco em Cristo Jesus. Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. e o poder do Espírito Santo para levar a efeito um testemunho eficaz, a cura, os milagres e, finalmente a nossa própria ressurreição de entre os mortos

    Compartilhar das aflições de Cristo mediante a abnegação, a crucificação da carne e o sofrimento por amor a Cristo e a sua causa

    (Filipenses 1:29) - Porque a vós vos foi concedido, em relação a Cristo, não somente crer nele, como também padecer por ele,

    (Gálatas 2:20) - Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim.

    (Colossenses 1:24) - Regozijo-me agora no que padeço por vós, e na minha carne cumpro o resto das aflições de Cristo, pelo seu corpo, que é a igreja;

    (I Pedro 4:13) - Mas alegrai-vos no fato de serdes participantes das aflições de Cristo, para que também na revelação da sua glória vos regozijeis e alegreis.

    Fonte: bíblia Hábil; B.E. P(comentários).
    Ev. Jorge Gonçalves do Nascimento
Postar um comentário