sexta-feira, 17 de abril de 2009

Boates Gospel - Seria Deus honrado nisso?

Autor :Artigo enviado por email.
Ao penetrar na fase moderna dos acontecimentos mundiais, o crente se encontra com uma dupla ameaça às verdades bíblicas. Uma das ameaças vem de fora do ambiente da igreja, agindo através de correntes filosóficas seculares. Outra ameaça vem de dentro da própria Igreja, onde se verifica insatisfação de grande número de cristãos com relação aos enunciados da ortodoxia Cristã.

A maioria das pessoas que professam o nome de Cristo, ou seja, aqueles que se dizem religiosos, tem se caracterizado nestes últimos tempos, pela fé na capacidade humana, e por um grande interesse pelos prazeres do mundo – o hedonismo. Muitos dos pensadores religiosos, tem se caracterizado somente pelos fundamentos éticos da religião. O modernismo teológico tem concorrido para que se aceite um conceito de Deus absolutamente destituído de atributos ou substância.

Os crentes em geral defrontam-se com perplexidades de natureza teológica em todos os meios de comunicação aos quais se têm habituado. Santidade, está fora de moda, pois afinal de contas, estamos vivendo a era do prazer, aproveitar a vida é que é importante. O que importa é ser feliz, neste mundo pós-moderno onde se cultua o corpo, a vida, os amigos. Tudo se torna motivo de culto. As igrejas de um modo geral estão tão liberais que seus líderes permitem de tudo, afinal de contas o importante é ser feliz e ter o caixa da igreja suprido. Não se pregam mais sobre Santidade, sobre ética, sobre família e vida Cristã. São obreiros fraudulentos, que se omitem covardemente ao orientarem seus rebanhos nos caminhos da retidão da palavra de Deus.

Não podemos nos esquecer que a Igreja é composta de todos aqueles que são verdadeiramente salvos. Paulo afirma: "Cristo amou a igreja e entregou-se a si mesmo por ela" (Ef 5.25). O plano de Deus para a Igreja é tão grande que ELE exaltou Cristo a uma posição de suprema autoridade por amor à igreja.

Em (1 Jo 3.9) diz:" Uma vez nascidos de novo não podemos continuar pecando como um hábito ou como um padrão de vida. O Cristão é conhecido exatamente por ter uma vida diferente dos costumes do mundo. Uma vida oposta aos padrões deste sistema que tem como mentor o Anti-Cristo. Ser Cristão é ter atitudes de vida de piedade, misericórdia e santidade.

O liberalismo exacerbado é prejudicial a nossa instituição "Igreja", é prejudicial aos jovens Cristãos e a família que constitui a base da igreja. Devemos estar alertas para não deixarmos que as práticas mundanas entrem em nossas igrejas. Por mais que queiram desprestigiar, a Igreja é Pura, Santa e é a noiva de Cristo.E a noiva de Cristo tem como marca o não se macular com os prazeres do mundo.

Muito me admira saber que pessoas que se dizem a noiva de Cristo, a Igreja eleita para morar no céu, compartilhando com as mesmas obras que os ímpios praticam.

Crentes que participam de roda de escarnecedores. Organizam e saem em blocos de carnaval, dizendo que é para evangelizar. Outros freqüentam até boate, que para disfarçar introduzem o nome "Gospel", que lindo! Boate Gospel, será que Deus é honrado nisso? Deus não se deixa corromper pois ELE é Santo. É o homem que tem que entrar nos padrões de Deus, e não ELE, se adequar à vontade do homem.

A Igreja custou o sangue de UM inocente, a saber, Cristo derramou seu sangue precioso para pagar o preço da nossa salvação. Fomos gerados no monte chamado caveira ou gólgota. Cristo para gerar a igreja teve dores de parto, foi pregado numa cruz. 

E tem gente que se dizendo Cristãos(mas de Cristãos não tem nada) zombam do sacrifício salvífico de nosso Senhor Jesus Cristo. Freqüentam igrejas, usam o nome de Deus, mas com as suas obras, negam tudo aquilo que Cristo nos ensinou. Pois vivem uma vida desregrada, sem padrões Cristãos. Os salvos não precisam de boates gospel para satisfazer suas almas, pois Cristo é nossa alegria. Esta é uma desculpa para quem nunca se converteu de verdade e fica usando destas artimanhas para justificar suas concupiscências.


Como verdadeiros Cristãos, devemos ser exemplo para os infiéis, devemos ser luz neste mundo, para que todos vejam Cristo em nossas atitudes, em nossas vidas. Em (ICo 3.16) diz: "Não sabeis vós que sois templo de Deus, e que o Espírito de Deus habita em vós?. Aquele que é templo de Deus e morada do Espírito Santo, não tem prazer nas coisas deste mundo, muito menos em rodas de escarnecedores, em boates gospel ou bloco carnavalesco evangélico. Tudo isso é obra escarnecedora de quem não é,e nunca foi templo de Deus.

Os salvos tem prazer em estar na casa do Senhor, em meditar na sua palavra, em ter comunhão santa e honesta com os irmãos que compartilham da mesma fé. A Igreja tem que ser diferente do mundo, nossas práticas tem que mostrar a diferença. Devemos exalar o bom cheiro de Cristo, e não o cheiro do pecado e do mundo, pois este cheiro das obras deste mundo Deus abomina.

Nós honramos ao Senhor com nossa obediência à sua palavra e uma vida cheia do Espírito Santo, Façamos como Daniel na Babilônia, não precisamos comer na mesa do rei (deste mundo), mas devemos comer dos banquetes que Deus preparou para sua Igreja.

Fonte: Pr. Josué Brandão

Adaptado por João Tocalino
Postar um comentário